Resgatei um animal, e agora?

Resgatei um animal e agora? Primeiro, parabéns por esta sua linda ação. Os animais merecem uma vida digna e com muito respeito e carinho. Abaixo vamos listar algumas dicas para te ajudar com este resgate.

Em  todo o País, é comum nos depararmos com animais abandonados. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 30 milhões de cães e gatos estejam em situação de rua no Brasil, sujeitos a maus-tratos, sem alimento e abrigo. Sensibilizadas pela situação, muitas pessoas acabam  levando esses animais para casa, sem saber ao certo a melhor maneira de ajudá-los. Por isso quando você se deparar com a cena: Resgatei um animal e agora?

O primeiro passo do resgatei um animal e agora?

Os animais resgatados normalmente estão com fome e sede e muitas vezes com medo. Por isso, ofereça uma pequena quantidade de alimento para este animal, preferencialmente ração (caso você não tenha, ofereça um pouco de arroz e carne sem tempero) e leve este pet a uma clínica veterinária o mais rápido possível para checar a saúde deste animal

E no caso de você não poder ficar com o animal, alguma ONG ou abrigo pode ficar com ele?

As ONGs e protetores independentes normalmente estão sempre com muitos animais, pois os números de resgates normalmente são sempre maiores do que as doações. Mantenha o animal sob sua proteção até conseguir um local adequado e seguro para ele. Caso você já tenha um animal em sua casa, evite deixar os animais próximos até você ter certeza que o animal resgatado está bem (sem nenhuma doença transmissível) e conviva harmoniosamente com outros animais, para evitar brigas. 

Mas caso você realmente não possa ele ficar, veja com algum amigo ou conhecido para fazer um lar temporário até conseguir um lar definitivo.

O mais importante nesta situação é prezar o bem-estar e segurança deste animal.

Como faço para divulgar o animal que eu para doação?

Agora que eu resgatei um animal, o que devo fazer para divulgar ele? As mídias sociais são um excelente caminho para te auxiliar com a doação do animal resgatado. Uma dica que ajuda muito é evitar fazer diferentes postagens em páginas do facebook, twitter, e-mail etc. No lugar disso, divulgue sempre o mesmo link da página do animal, pois caso o animal seja adotado é mais fácil divulgar. Por isso, outra dica legal é marcar protetores, amigos da causa animal e divulgar em grupos de proteção animal, isso ajuda muito a achar tutores bem bacanas para o animal resgatado.

Dicas para o post:

– Publique a foto do animal apenas em um lugar e compartilhe este link; 

-Coloque sempre a Cidade e bairro que você está;

-Fale um pouco sobre o animal, suas características como porte, idade, temperamento observado;

-Coloque informações para contato que as pessoas possam te achar e falar facilmente;

-Quando ele for adotado, divulgue no próprio link.

Você pode divulgar além das mídias on-line, fazer cartazes impressos para distribuir em locais como: Supermercados, pet shops, padarias, clínicas veterinárias, farmácia, ponto de ônibus, comércios locais e etc.

Neste cartaz é legal ter as informações como: Foto e dados como nome, sexo, idade, porte, temperamento do animal resgatado e seus contatos como nome, telefone, e-mail, mídias sociais

Encontrei pessoas interessadas em adotar o pet resgatado, o que devo fazer?

Um animal precisa de muito amor, carinho e atenção, senão de nada vai adiantar todo o esforço que você fez para salvar este animal. Ao tomar a atitude de adotar um animal, cabe a esta pessoa a responsabilidade sobre esta vida até o fim proporcionando bem estar, alimentação, abrigo e assistência veterinária. Se a pessoa não tem condições de cuidar do animal, não dê apenas para “se livrar dele”, pois corre um grande risco desse animal ser maltratado novamente. Faça uma entrevista com os interessados, veja se eles têm condições de manter de forma digna este animal. Importante é não ter pressa, mas sim o cuidado e a percepção e doar para quem realmente vai tratar e dar uma vida confortável para esse pet.

Gostou das dicas? compartilhe com os seus amigos!

Sobre a Only Vet:

Somos a primeira Farmácia de Manipulação Veterinária de Campinas, certificada pelo MAPA – WhatsApp (19) 998227855

 

Andre-Kater-Farmaceutico-OnlyVet-Farmacia-de-manipulação-veterinaria-Campinas

Autor: Dr. André Kater
Farmacêutico veterinário apaixonado por cães e gatos. Pai de cão (Thor) e gata (Zefa)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *